• Autor: Victor Pinheiro
  • 10 Minutos de leitura
  • 27 de março de 2024

Conteúdo criado por humano

Conheça os 7 principais fatores de rankeamento do Google

Se você quer aumentar a visibilidade da sua empresa no mercado, precisa ter atenção aos fatores de rankeamento do Google!

Os fatores de rankeamento são critérios que o buscador considera para posicionar bem o seu site nos resultados, facilitando a jornada de geração de tráfego orgânico e leads qualificados diários para o seu time de vendas.

Esses critérios movem o buscador. São eles que definem os resultados que irão aparecer para cada pesquisa e geram a experiência de busca para os usuários. Então, vamos conhecer os 7 principais fatores de rankeamento do Google? Boa leitura!

O que são os fatores de rankeamento do Google

Os fatores de rankeamento do Google são os critérios que o algoritmo do Google considera para determinar a posição orgânica de uma página nos seus resultados de pesquisa.

Os fatores, a cada pesquisa, levam em conta uma determinada palavra-chave e outras variáveis, como a intenção de busca do usuário e a otimização do próprio site.

Algoritmos complexos analisam esses critérios para determinar qual conteúdo é mais relevante para os usuários. Acredita-se que o algoritmo seja composto por diversos fatores analisados em questão de milissegundos por busca.

O Google também leva em consideração os critérios de Otimização para Motores de Busca (Search Engine Optimization). Afinal, boas estratégias de SEO trabalham para o bom rankeamento.

Então, prestar atenção nesses fatores é essencial. Entenda mais sobre as vantagens a seguir!

Por que atentar aos fatores de rankeamento para alcançar as primeiras posições orgânicas

A primeira página dos resultados dos mecanismos de busca é uma posição preciosa para empresas.

Seja qual for o tipo do seu empresa, um provedor de serviços ou um fornecedor de softwares, estar entre as melhores posições é o caminho certo para fechar negócios.

Os sites que aparecem nas primeiras posições de pesquisa recebem a maior parte do tráfego, com maior probabilidade de os usuários clicarem no seu link.

Os usuários que chegam através das pesquisas orgânicas também são considerados de qualidade, pois eles estão ativamente procurando o que sua empresa oferece.

Dessa forma, os sites em melhores posições ganham mais credibilidade, confiança e podem se tornar verdadeiras autoridades no mercado.

E, para chegar no topo do Google, é interessante entender quais são os principais fatores de ranqueamento. Esses fatores, além de essenciais para subir nos resultados orgânicos, contribuem para o tráfego orgânico.

Embora haja um custo associado às estratégias de SEO e rankeamento, uma vez que você alcança uma boa posição, poderá desfrutar de um fluxo de tráfego eficiente sem precisar pagar por clique.

Porém, é preciso lembrar que não existe uma lista completa e definitiva dos fatores de rankeamento do Google.
O próprio buscador nunca se pronunciou sobre o número de critérios ou a lista completa. Mas, diariamente, especialistas de SEO identificam alguns dos mais importantes – e é sobre eles que vamos falar.

7 principais fatores de rankeamento do Google que você deve atenção - queen seo marketing

7 principais fatores de rankeamento do Google que você deve atenção

O algoritmo de rankeamento do Google leva em conta muitos fatores, desde a quantidade e qualidade de backlinks até a otimização de sites e o uso de palavras-chave eficientes.

A própria localização do usuário, por exemplo, é considerada para esses resultados.

Portanto, se você quer gerar leads orgânicos, ganhar visibilidade de mercado e alcançar os objetivos da sua estratégia, não se preocupe: mesmo entre tantos fatores, é possível dizer que alguns principais e determinantes para estratégias de SEO. Vamos lá?

1.Qualidade do conteúdo

Para atrair a atenção do buscador, você precisa preencher o seu site, blog e demais plataformas com conteúdo. Mas não basta qualquer material: o Google prioriza conteúdos originais, relevantes e úteis para o usuário.

Dessa forma, o conteúdo de alta qualidade é base para a sua estratégia de SEO.

O Google leva em consideração questões como profundidade, precisão, originalidade e mais. Portanto, o conteúdo deve atender aos critérios EEAT do Google: experiência, especialização, autoridade e confiabilidade.

Algumas das boas práticas são utilizar fontes confiáveis nos links, não usar conteúdos duplicados ou copiados, usar materiais fáceis de ler, dentre outras.

2.Palavras-chave bem utilizadas

Palavras-chave são determinantes para otimização do seu site, já que são os termos que os usuários digitam quando fazem uma pesquisa. Ao ter as suas palavras-chave em locais estratégicos, você mostra ao Google que tem o que os usuários procuram, podendo ser encontrado.

O uso eficiente de palavras-chave pode melhorar a visibilidade do seu site. Por isso, o seu conteúdo precisa incluir palavras-chave específicas, que de fato levariam os usuários à sua página.

Então, antes de começar a escrever, faça uma pesquisa e entenda quais termos o seu cliente está usando para encontrar informações relacionadas. Além de escolher uma palavra-chave central, também opte por palavras-chave secundárias.

A palavra-chave deve estar presente em diversos locais do seu site. Use essas palavras-chave nos textos, URLs, títulos, descrições e cabeçalhos (H1, H2, etc.), mas sem exageros, evitando o keyword stuffing – uso forçado de palavras-chave.

3.Experiência do usuário

De fato, uma estratégia de SEO bem-sucedida deve atender aos requisitos do algoritmo do Google. Mas, principalmente, deve pensar na experiência do usuário final, uma pessoa real que quer suprir necessidades a partir do conteúdo.

Dessa forma, quando pensar em fatores de rankeamento do Google, lembre-se que o seu site deve, do início ao fim, priorizar os interesses do seu cliente ideal.

Isso inclui bom tempo de carregamento, conteúdo atraente que agrega valor, boa navegabilidade e os critérios que geram uma experiência mais agradável. Opte por uma arquitetura facilitada do site e use conteúdos interativos: vídeos, áudios, imagens e mais.

Tenha uma interface amigável e adicione pelo menos uma imagem para tornar o conteúdo mais atraente, envolvente, sempre com a palavra-chave principal na alt tag (texto alternativo) e no título.

4.Tempo de carregamento da página

O Google prefere os sites com boa velocidade de carregamento. Afinal, os próprios usuários desejam resultados que apareçam rapidamente, levando no máximo 2 a 3 segundos para carregar.

Se demorar a carregar, o site poderá ser penalizado pelo Google. Então, acelere o seu site a partir de algumas técnicas, como:

  • diminuir o peso de imagens e GIFs a partir de aplicativos de compressão;
  • utilizar arquivos nos formatos adequados pelo Google como WebP para imagens e SVG para ícones e vetores;
  • minimizar solicitações HTTP;
  • melhorar a resposta do servidor;
  • reduzir redirecionamentos;
  • ajustar o seu código HTML e o tamanho dos arquivos CSS, HTML e JavaScript.

Além disso, também é importante medir a performance do site regularmente para identificar quais pontos necessitam de correção.

5.Certificado de segurança

Bons conteúdos precisam ser seguros.

Para garantir que seu site fique bem protegido e se mostre acessível para usuários e parceiros no mecanismo de busca, use criptografia HTTPS.

Garanta certificados SSL (Secure Sockets Layer) para o seu site, criando uma conexão segura e a proteção de dados necessária para não ter dores de cabeça.

Um certificado SSL não apenas protege os dados do usuário, mas também aumenta a confiança do usuário em seu site, o que pode, por sua vez, levar a taxas de conversão mais altas.

O Google considera o HTTPS como um dos seus fatores de rankeamento, então um certificado SSL pode até ajudar a melhorar a sua estratégia de SEO.

6.Rastreabilidade

A rastreabilidade é um recurso valioso, já que garante que o Google de fato irá encontrar o seu site diante de bilhões de outras páginas.

Para achar um site, o Google segue certos processos de rastreamento com a análise do conteúdo e indexação.

No rastreamento, o mecanismo de busca encontra páginas novas ou atualizadas. Dessa forma, os bots do Google realizam esse serviço constantemente, e, para garantir acessibilidade, você deve contar com facilitadores.

Permita que o Googlebot acesse os arquivos usados em seu site. Você pode fazer isso a partir da aplicação, por exemplo, do arquivo robots.txt. Este, informa onde estão as informações do seu site e quais ele não deve rastrear.

Além disso, a aplicação de um bom mapa – o sitemap, também entrega a visão geral do endereço web para o Google.

7.Compatibilidade com dispositivos móveis

Para gerar as melhores estratégias de SEO, garantir um bom posicionamento no Google e a mais completa otimização de sites, não há como ficar sem a responsividade. Afinal, o buscador prioriza as páginas otimizadas para o mobile.

Por isso, o seu site deve ser rápido e fácil de usar em qualquer dispositivo móvel. Já que os seus usuários provavelmente irão te procurar via mobile. Então, nada de anúncios que bloqueiam o conteúdo e pop-ups intrusivos.

Analise tamanhos, fontes fáceis de ler em qualquer tamanho de tela, cores e outras variáveis. O layout deve se ajustar a qualquer resolução.

Não se preocupe: o próprio Google oferece uma ferramenta de teste mobile para que você monitore a compatibilidade com dispositivos móveis e identifique gargalos.

consultor SEO conferindo as estratégias para rankeamento do Google - queen seo marketing

Como alcançar o topo do rankeamento do Google

Alcançar o topo do rankeamento do Google é um processo que envolve uma combinação de fatores, como produzir conteúdo de alta qualidade, constante otimização de SEO e entregar uma excelente experiência do usuário em seu site.

Para alcançar os primeiros resultados de forma rápida e eficiente é importante contar com profissionais que tenham a expertise necessária. Para isso, conheça as nossas soluções, somos uma consultoria de SEO qualificada com experiência comprovada.

Confira nosso case de sucesso da Abaccus, que procurou nossos serviços para modernizar o seu site e comunicar melhor as suas soluções.

Neste projeto, a nossa equipe aplicou o processo de Design Thinking, usou linguagens de programação e frameworks modernos para proporcionar a melhor experiência de navegação para os usuários do cliente!

Como resultado, desenvolvemos uma nova interface amigável e intuitiva, que atende às necessidades dos usuários e está pronta para cumprir os fatores de rankeamento do Google.

Outro exemplo de sucesso é a Opentech. A nossa equipe de especialistas trabalhou em estreita colaboração com o cliente para criar conteúdo de alta qualidade, feito para o seu cliente ideal (ICP). O resultado foi mais de 500 leads gerados de forma orgânica!

Através da aplicação de estratégias de SEO na produção e otimização de conteúdo, elhoramos a visibilidade da Opentech no mercado, gerando 84% de crescimento em tráfego orgânico em menos de um ano.

Então, se você quer alavancar os seus resultados e tornar o seu canal orgânico o principal canal de vendas, converse com nossos especialistas e vamos juntos conquistar o mercado de forma orgânica. Se preferir, clique aqui e entenda melhor as nossas soluções.

fale conosco - queen seo marketing

Victor Pinheiro

Victor Pinheiro é o atual CEO da Queen, além de ser um administrador de empresas e consultor do mercado de SaaS com ampla experiência em projetos de SEO para Startups e empresas de tecnologia. Com mais de 7 anos de atuação, Victor é um especialista em SEO, Inbound Marketing e Marketing Digital. Entregando soluções estratégicas para impulsionar o crescimento dos negócios no Google. Seu conhecimento e expertise no segmento B2B são fundamentais para potencializar a visibilidade das empresas, garantindo que elas se destaquem nos motores de busca e conquistem seus mercados.

Conteúdos recentes

TÓPICOS DESTE ARTIGO