• Autor: Victor Pinheiro
  • 7 Minutos de leitura
  • 19 de junho de 2023

Conteúdo criado por humano

Google Tag Manager: entenda como configurar

Você pode estar recebendo leads qualificados por dia e não fazer ideia! Quando a equipe passa dias planejando metas, horas iniciando novas campanhas de marketing e, no fim, as informações captadas são incorretas, o Google Tag Manager pode ser a ferramenta que está faltando.

Esse é um cenário recorrente em empresas que não utilizam a análise de dados para as estratégias de marketing. E o pior, se as tags forem mal instaladas, podem acabar gerando informações incorretas sobre as campanhas, prejudicando a análise dos resultados.

Por isso a importância de entender como funciona o gerenciador de tags do Google, sua importância e como configurar para conseguir acompanhar os dados. Confira essas e outras informações no conteúdo a seguir. Boa leitura!

O que é e por que usar o Google Tag Manager

Conhecer o comportamento dos usuários e acompanhar campanhas de marketing é essencial para que você saiba como anda a sua estratégia de SEO. Para que isso aconteça, é necessário coletar dados e criar métricas que possam te ajudar a analisá-los.  

Você precisa entender como os usuários interagem com as páginas, e pode fazer isso através do Google Analytics, Hotjar, o Pixel do Facebook e mais.

Para que esses sistemas consigam ver a atividade dos usuários, você deve instalar um “código de monitoramento” ou script nas páginas referentes à campanha (as famosas tags). 

Então, GTM: o que é, onde entra nessa história e como pode te ajudar nessa tarefa?

O Google Tag Manager é uma ferramenta gratuita do Google. Com ela, basta que você insira um código em um site para instalar diversos serviços – sem precisar mexer em mais linhas de códigos.

Com o Google Tag Manager, se houver problema na captação dos dados, fica mais fácil entender onde ocorre a falha e como resolvê-la. Nele, você pode criar códigos de monitoramento sem programar e também testar novos códigos.

Assim, você centraliza a gestão de códigos no Gerenciador de Tags do Google, reduzindo custos, retrabalhos, dores de cabeça e ganhando autonomia.

Você observa a taxa de cliques no seu anúncio? Essa é uma métrica essencial para a sua estratégia! Entenda o que é CTR e como medi-lo.

O Google Tag Manager é uma ferramenta gratuita do Google - Queen Seo Marketing

Qual a diferença entre Google Analytics e Google Tag Manager

O Google Analytics é um serviço gratuito do Google. Através dele, quando se cadastrar, você recebe um código para inserir na sua página para receber os seus dados de visitação.

Tem dúvidas sobre como o GA funciona? Descubra mais em Google Analytics: como usar!

O que é o Google Analytics - Queen SEO Marketing

Ele é usado para otimizar os sites para campanhas de marketing e para o Google AdSense.

Muitas pessoas confundem o Gerenciador de Tags do Google e o Google Analytics. Embora os painéis sejam semelhantes, eles são muito diferentes. O GTM trabalha em software separado do Analytics.

O Gerenciador de Tags do Google gerencia variadas tags de sites, já o Google Analytics rastreia e relata dados de tráfego. O GTM permite a integração e gestão das ferramentas de análise, já o Google Analytics se concentra na coleta.

Com a ajuda do Google Tag Manager, você pode reduzir o tempo de carregamento do site e melhorar o seu desempenho ao gerir as tags com mais eficiência. 

O GTM consegue detectar e registrar camadas de dados, gerenciar códigos JavaScript, rastrear conversões, chamadas, remarketing e permite que você escolha em quais páginas colocar os códigos.

Antes do Google Tag Manager, você precisava de um desenvolvedor para alterar esses códigos. 

Como criar e instalar o GTM

O Gerenciador de Tags do Google funciona em cima de pilares básicos:

  • A tag: é um pedaço de código, como um script de rastreio das conversões. Esse deve ser adicionado a uma página.
  • O gatilho: você deve definir quando o código é executado, por exemplo, quando um usuário acessa uma página, por exemplo.
  • As variáveis: esses são os modificadores adicionais ​​para receber ou armazenar dados de tags.

Como configurar o GTM

Comece acessando http://www.google.com.br/tagmanager/, faça login com sua conta do Google e, em seguida, crie uma conta específica no GTM. Coloque o nome da sua empresa e continue.

O próximo passo é configurar um contêiner para hospedar todos os códigos que estarão no seu Google Tag Manager. Nomeie esse bloco (de preferência com o nome da empresa a que ele pertence), selecione “Web” e termine de criar.

Aparecerão termos para que você leia e aceite na sua tela. Em seguida, você verá o código que deve ser instalado nas suas páginas.

Você pode enviar o código ao seu desenvolvedor web ou instalar você mesmo no HTML, logo após o <body>, em todas as páginas que você quiser.

O Gerenciador de Tags do Google pode e deve funcionar em conjunto com o Google Analytics, a fim de analisar o tráfego e comportamento dos usuários no site. 

Para isso, clique no menu “Tags” e em seguida em “New”. Provavelmente o Google Analytics já está previamente configurado, então, selecione ele e escolha entre Universal Analytics ou a versão clássica. 

O que é o Google Tag Manager - Queen SEO Marketing

Informe ao GTM o ID do seu domínio, que você pode encontrar no menu administrador do Google Analytics, na parte de “propriedade” e, em seguida, “configurações de propriedade”.

Escolha onde a Tag irá funcionar e pronto, ela está instalada! Basta publicar.

Como escolher as tags e saber se funcionam

Para escolher outros scripts interessantes para você, volte para o seu contêiner e adicione as Tags. 

Clique no quadro verde à direita ou no menu à esquerda, e o Google Tag Manager irá dar exemplos de Tags que você pode escolher. Você pode seguir a sugestão que ele entrega ou adicionar as suas em “Tag HTML personalizada”.

Após adicionar as Tags, você deve publicar o contêiner, para que ele passe a funcionar no seu site. 

Como boas opções de Tags, existe, por exemplo, o Remarketing: ele exibe anúncios para quem já visitou determinadas páginas do seu site, resultando em uma campanha mais qualificada aos usuários já interessados.

Não esqueça de testar todos os novos códigos adicionados para ter certeza que eles estão funcionando. Depois de incluir o código HTML, clique em “pré-visualizar” no topo direito da tela.

Se não deu certo, acesse o seu site, clique com o botão direito e selecione “inspecionar”, depois em “network” e clique ctrl F5. Procure por “gtm.js” e analise o status.

Se aparecer um código 200, está tudo correto. Se aparecer um código 400, talvez o código esteja no lugar errado. Tente aplicar novamente. 

Esperamos que o nosso passo a passo tenha te ajudado, mas com certeza o nosso time de especialistas pode fazer muito mais! 

Com a Queen, você não terá dores de cabeça tentando monitorar campanhas. Nós fornecemos o acompanhamento de resultados a partir de relatórios completos, detalhados e acompanhados de insights especializados. Fale com o nosso time!

Victor Pinheiro

Victor Pinheiro é o atual CEO da Queen, além de ser um administrador de empresas e consultor do mercado de SaaS com ampla experiência em projetos de SEO para Startups e empresas de tecnologia. Com mais de 7 anos de atuação, Victor é um especialista em SEO, Inbound Marketing e Marketing Digital. Entregando soluções estratégicas para impulsionar o crescimento dos negócios no Google. Seu conhecimento e expertise no segmento B2B são fundamentais para potencializar a visibilidade das empresas, garantindo que elas se destaquem nos motores de busca e conquistem seus mercados.

Conteúdos recentes

TÓPICOS DESTE ARTIGO