• Autor: Victor Pinheiro
  • 9 Minutos de leitura
  • 30 de janeiro de 2023

Conteúdo criado por humano

3 dicas de como fazer boas Meta Tags

Você sabe o que são Meta Tags? Elas são marcadores importantes para manter o seu site em destaque nos mecanismos de busca.

Ou seja, são elementos em formato de texto (HTML) que você insere no seu site para que os mecanismos de busca consigam ler todo o conteúdo da sua página.

Para que você entenda quais são as boas práticas dos Meta Tags, separamos 3 dicas essenciais para você ter no radar e colocar em prática. Boa leitura!

O que são meta tags?

As Meta Tags são marcadores textuais que devem ser inseridos ao seu código HTML para que os algoritmos dos motores de busca consigam entender as classificações da página em questão. 

Essas tags são inseridas na seção <head> do HTML, e funcionam como comandos que descrevem o seu conteúdo, facilitando que o site seja encontrado nos resultados de pesquisa.

As Meta Tags fornecem dados como título, resumo, assunto abordado e etc. Costumam não ser visíveis para quem acessa o site, mas, claro, funcionam muito bem para que os algoritmos de busca as encontrem. Por isso, é ideal saber bem como utilizá-las a fim de ter um site bem destacado nos resultados no momento que o cliente procurar pelo seu produto/serviço.

Qual a sua importância para uma estratégia de SEO

Muitos empreendedores se deparam com grande dificuldade na hora de estar bem posicionado nas buscas, principalmente por não conhecerem a fundo as técnicas SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca).

As meta tags fazem parte dessa solução. Elas impactam diretamente nos resultados quando o assunto é ranqueamento no Google, sendo um recurso valioso para estratégias eficientes de marketing digital e SEO. 

As meta tags funcionam mediando uma comunicação entre os direcionamentos do HTML do site e os sites de busca. É como se você pudesse enviar uma mensagem ao Google para que ele mostre especificamente aos seus clientes do que o seu site se trata. Inclusive, o Google de fato privilegia sites que facilitam esse rastreio.

As meta tags transmitem tanto ao buscador quanto ao usuário uma rápida mensagem sobre do que a página se trata, para que ele ache o seu site relevante e visite-o. É como levar a oferta – seu site – à procura – ao usuário que está buscando. Se você deseja otimizar seu SEO, precisa aplicar meta tags.

Ainda com dúvidas sobre o que é SEO? Nós respondemos às suas questões aqui!

Quais são as meta tags mais importantes para o SEO

Então vamos à prática: conheça as tags mais importantes para a sua estratégia SEO.

Meta Title

O Meta Title é o link clicável que aparece na página de resultados do Google.

Na imagem, você poderá encontrá-la como o texto “Queen SEO marketing – Consultoria de SEO especializada”.

Esse é um recurso poderoso para o ranqueamento, talvez o mais importante. Nele, você deve aplicar o conceito de palavra-chave, ou seja, o termo pelo qual o seu cliente busca – ou o termo importante para o seu site precisa aparecer na tag.

Além disso, usar gatilhos e chamadas atrativas para fazer o usuário se interessar e clicar na sua página, trazendo tráfego para seu site.

Meta description

Quando você digita um termo no Google, aparecem resultados posicionados de acordo com a relevância que determinou os algoritmos do buscador. Ao olhar para os resultados, você vai ver o título que é o link, a URL, data, a descrição e outras informações. 

A meta description é justamente a descrição. No caso dessa imagem, por exemplo, ela é o texto “Conheça a consultoria de SEO certa para ampliar o seu tráfego orgânico!” . Uma boa descrição vai mostrar ao usuário que aquela é a página que o interessa, atraindo mais cliques e gerando tráfego para o seu site. É indicado que ela introduza o texto do seu site, seja chamativa, e mostre o objetivo da página

Canonical

A tag Canonical foca nos parâmetros da URL, especialmente para páginas duplicadas. Por exemplo: em um e-commerce, há vários produtos, e cada um possui uma página. Para que elas sejam indexadas bem, a tag canonical deve ser usada. A ideia da Canonical é concentrar o ranqueamento em uma página só, então, no HTML, todas as outras páginas devem indicar para a principal. Embora, todas fiquem indexadas.

Alt text

A tag Alt text ou atributo alt é composta por textos que descrevem uma imagem inserida no site. Apenas os buscadores utilizam essa tag, pois os algoritmos do Google ainda não conseguem ler a imagem – por isso, eles utilizam a Alt text para descrevê-la. É nele que deve ser inserida a palavra-chave que você quer usar para posicionar a sua página. Assim, ela irá ajudar a otimizar o posicionamento do seu site.

Robots

As meta tags Robots devem estabelecer uma comunicação direta com os robôs do Google para alavancar as buscas. Elas fazem com que o Google seja mais preciso e veloz na hora de encontrar a sua página. 

Há várias tags Robots, com diferentes comandos: para indexar ou não indexar uma página, exibir ou não exibir descrição, passar a autoridade de ranqueamento para um link específico e mais.

Cabeçalhos

As tags de cabeçalho são várias, mas as mais famosas são a h1, h2 e h3. Elas estruturam o conteúdo da página, pondo hierarquia entre esses títulos e textos para que os buscadores compreendam a importância de cada parte para o conteúdo do site.

Essas mesmas tags também servem para o usuário, pois facilitam a leitura. Cada uma pode ser configurada para aparecer de uma forma diferente, categorizando visualmente as seções. Normalmente, a h1 é o título, a h2 é o subtítulo, e assim por diante.

Meta tags otimizadas SEO

Como visualizar uma meta tag?

Para aprender a usar as meta tags, você deve saber visualizá-las dentro do site. Elas não ficam visíveis no navegador, mas apenas no código HTML.

Para testar, entre em um site no Google e clique com o botão direito do mouse na página. Depois, clique em “exibir código fonte da página”, “ver código fonte da página” ou “exibir código-fonte”.

O código HTML da página será aberto, com séries de marcações fechadas por <>, como <head>, <title> e <meta>. Bem-vindo às tags, você já consegue visualizá-las! Elas guardam todos os direcionamentos da página em questão.


3 dicas de como usar meta tags otimizadas

Agora vamos as dicas para que as suas meta tags tragam resultados de ótimo impacto:

Descreva bem o assunto

Mesmo que o seu site esteja em primeiro lugar no Google, pode ser que o usuário leia a descrição e, se não encontrar o que quer, não clique no link. Então, aqui vão as nossas recomendações para uma boa meta description:

  • Use a palavra-chave principal que você pretende ranquear nesse texto;
  • Estabeleça palavras-chave secundárias para serem usadas;
  • Seja criativo e persuasivo, que chame a atenção do usuário e cative a curiosidade no intuito do clique;
  • Essa descrição deve ser um resumo do que o usuário irá encontrar sobre o conteúdo que ele busca no Google;
  • A meta descrição deve ter entre 90 a 130 caracteres; 
  • Coloque uma frase principal e impactante logo no começo, para capturar a atenção;

O usuário deve sentir que o seu site é o que ele precisa, por isso nós te ajudamos a construir ótimas descrições com o nosso artigo sobre técnicas de copywriting. Confira as dicas para uma escrita atraente e eficiente!

Evite palavras-chave desnecessárias

A pesquisa de palavras-chave é importantíssima para a sua estratégia SEO. O ideal é sempre pesquisá-las antecipadamente, já escolhendo quais são as importantes para o seu conteúdo antes da produção. 

As palavras-chave irão guiar as suas produções e otimizar o seu site para que o Google o encontre com facilidade. Então, evite a repetição das palavras-chave que não fazem sentido dentro do seu conteúdo e estratégia. Quando inseridas dentro de uma meta tag, essas palavras interferem diretamente no ranqueamento da sua página. Seja cuidadoso.

Quer mais dicas para aparecer no Google? Nós te entregamos! Confira.

Siga a ordem hierárquica

As tags tem uma ordem hierárquica: as heading tags, por exemplo, identificam títulos e intertítulos, são as h1, h2, h3 e etc. Elas devem vir com as palavras-chave inseridas. 

Então, siga uma ordem: os títulos relevantes devem vir primeiro, e devem estar próximos ao texto que eles descrevem. Faça com que os títulos transmitam o assunto que você pretende responder ao longo do texto.

Essa organização também melhora a experiência do usuário, pois facilita a leitura do conteúdo. Além disso, a rede de links internos também devem ter hierarquia: elas servem para direcionar o utilizador entre os conteúdos, assim como também direcionam o Google.

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas! Mas, se sobrou qualquer dúvida, estamos com você. A nossa equipe está pronta para responder às suas questões, te ajudar a ter insights, e montar estratégias para o seu negócio que dêem resultados otimizados. Clique aqui e fale conosco!

Victor Pinheiro

Victor Pinheiro é o atual CEO da Queen, além de ser um administrador de empresas e consultor do mercado de SaaS com ampla experiência em projetos de SEO para Startups e empresas de tecnologia. Com mais de 7 anos de atuação, Victor é um especialista em SEO, Inbound Marketing e Marketing Digital. Entregando soluções estratégicas para impulsionar o crescimento dos negócios no Google. Seu conhecimento e expertise no segmento B2B são fundamentais para potencializar a visibilidade das empresas, garantindo que elas se destaquem nos motores de busca e conquistem seus mercados.

Conteúdos recentes

TÓPICOS DESTE ARTIGO