• Autor: Victor Pinheiro
  • 8 Minutos de leitura
  • 23 de janeiro de 2023

Conteúdo criado por humano

Design responsivo: qual sua importância para o SEO

Você sabe o que quer dizer design responsivo?

Ao todo, segundo um levantamento da NielsenIQ Ebit, cerca de 87 milhões de brasileiros compraram de forma online em 2021. Isso só mostra que se você tem um serviço ou produto e quer aumentar as suas vendas, é importante estar presente no digital.

E devido a esse aumento na movimentação de lojas online, muitas empresas se adequaram ao cenário e inseriram seus sites e e-commerces. Com isso, os mecanismos de busca, no intuito de entregar mais assertividade para os usuários, passaram a adotar regras com relação à experiência do cliente e arquitetura do site.

Dessa forma, uma experiência otimizada para o seu usuário é ponto crucial para garantir um bom posicionamento nas pesquisas online, e o design responsivo é um dos fatores que irá te ajudar a alcançar essas primeiras posições.

Quer entender melhor sobre o conceito de design responsivo, como melhorar a performance do seu site e como ter um HTML acessível para resoluções? Então continue a leitura!

Entenda o que é o design responsivo

O Responsive Web Design ou Design Responsivo é uma técnica que permite que o site consiga se adequar para qualquer tipo de tela de qualquer dispositivo, independente da resolução de tela, permanecendo otimizada para o usuário. 

Esta característica depende do uso de duas linguagens de programação: o HTML, linguagem usada para construção de páginas Web, e o CSS, que agrupa todo o visual do site.

Além disso, ao criar um site responsivo, diferentes camadas de estilo CSS se adequam ao melhor tamanho para as telas de diferentes tipos de dispositivos. Para isso, uma técnica chamada media queries é utilizada a fim de processar digitalmente o conteúdo, adaptando às variáveis, como as diferentes resoluções de telas. A Media Query é um padrão fundamental para o design responsivo na web.

Qual é a sua importância para o site? 

Um site precisará do layout responsivo para entregar uma experiência mais personalizada ao seu usuário.

Sites que não são responsivos podem parecer estranhos, difíceis de navegar ou até inacessíveis em alguns dispositivos móveis, diminuindo a chance do seu cliente realizar uma compra ou navegar para conhecer o seu serviço.

Quanto mais aparelhos, telas e resoluções o site for compatível, mais chances a sua marca tem de vender, ser bem lembrada, atrair tráfego e ser bem ranqueada no Google .

Para que serve a responsividade CSS?

O seu cliente provavelmente usa o notebook para acessar o site da sua marca quando está no escritório, mas, na fila do banco, na espera do médico ou no banco de trás do carro, ele prefere ver o seu site pelo smartphone.

Ao fim do dia, deitado no sofá da sala, o seu consumidor está com o Tablet na mão, pronto para comprar. E de fato, o seu site está configurado para todos esses aparelhos, entregando fácil acesso. 

Mas, será que o seu site parece igual em cada dispositivo móvel? Em resumo, essa é a funcionalidade da responsividade CSS: fazer com que, independentemente do dispositivo, a experiência do seu cliente seja sempre fácil, intuitiva e agradável. Siga a leitura para conhecer mais os benefícios do design responsivo!

Conheça 3 benefícios de um site responsivo

Há muitas vantagens na criação de sites com layout responsivo. Confira:

Ranqueamento no Google

É através dos motores de busca, como o Google, por exemplo, que o cliente vai procurar a sua empresa, e você precisa que o seu site esteja bem posicionado, para conseguir destaque mediante seus concorrentes.

Dessa forma, o Google entende que para que você seja autoridade, além de conteúdo, você precisa seguir diversas regras como a de oferecer um design responsivo para seus usuários, assim como o Core Web Vitals. Essa última, é uma atualização que avalia vários elementos, dentre eles a responsividade e o UX da sua página. 

Fácil gerenciamento  

O site responsivo tem uma única versão de URL e HTML, o que facilita o seu gerenciamento. Ou seja, você não precisa fazer diferentes versões para os diferentes dispositivos (smartphone, notebook, etc.)!

Toda a configuração da responsividade do site já está dentro do seu HTML e CSS. E, em caso de atualizações ou mudanças, cada alteração será replicada em todos os dispositivos de uma vez. É uma grande economia de tempo e dinheiro.

Melhoria na experiência do usuário

Levar em consideração a experiência do usuário no seu site, vai influenciar a percepção que o consumidor tem da sua marca. Uma má experiência pode fazer o usuário abandonar sua página e não comprar o seu produto, ou até mesmo falar mal da sua empresa para outros potenciais clientes.

Um site responsivo, por outro lado, vai entregar comodidade, velocidade e facilidade ao cliente. Ele pode começar a compra no smartphone e terminar no computador assim que chegar em casa, sem dores de cabeça no meio do caminho.

Sites responsivos também costumam ser mais leves, carregam mais rápido, e são facilmente usados através do acesso à internet via conexões móveis.

Confira algumas boas práticas para criar um design responsivo 

O design responsivo é criado a partir de um grid ou grelha dividida em linhas e colunas com altura e largura variáveis que adaptam o conteúdo visualizável ao tamanho da tela. As medidas usadas são recalculadas de acordo com o dispositivo.

Mas isso não é suficiente para que o seu cliente seja feliz usando o site. É necessário tomar cuidado com a usabilidade, a identidade visual e todas as partes da experiência do usuário na plataforma

Confira algumas boas práticas para um design responsivo:

Escolha resoluções frequentes

Você deve começar entendendo quais resoluções o seu site vai se adaptar. É claro, o ideal parece ser todas, mas comece pelas mais frequentemente usadas pelos seus usuários. O Google Analytic é uma plataforma que pode te informar melhor quais são os dispositivos que seus clientes costumam utilizar para entrar na sua página.

Garanta a legibilidade 

A legibilidade também é um fator essencial para o SEO, então fique atento ao tamanho das fontes, o tamanho do texto, a forma como ele é escrito, a sua relevância e a sua escaneabilidade (a facilidade que o usuário terá de encontrar o que procura).

Diminua o tempo de carregamento 

O tempo de carregamento do site também afeta o SEO, afinal, quanto mais baixa a velocidade, pior a experiência do usuário, não é mesmo?!

É recomendado que o seu site carregue em até 2 segundos para que ele seja ideal quando o tema é buscadores. De acordo com pesquisa da Kiss Metrics, 47% dos usuários querem que as páginas carreguem em até 2 segundos, e 50% abandonam o site se demorar mais de 3!

Utilize o Media Queries

Para designs responsivos, você precisa usar Media Queries, pois quando aplicadas em determinadas condições, dependendo da resolução do dispositivo usado, a página irá ser carregada com estilos diferentes. Se quiser entender mais sobre o funcionamento lógico dos Media Queries, confira

Utilize Max e Min Width

Na hora de configurar o seu site responsivo, não esqueça dos importantes Max e Min Width aplicados ao código! Eles impedem que o layout aumente ou diminua além do desejado, o que pode ocorrer quando ele é usado em dispositivos muito pequenos como smartphones. Com o correto Max e Min Width, o layout fica fluido da maneira certa.

Aplique um layout flexível 

Acima nós falamos das Grids ou Grelhas flexíveis, que usam colunas para organização do conteúdo do site. Elas devem ter larguras relativas medidas por porcentagem (e não fixas) para que sejam adaptadas às telas. Dessa forma, não importa o dispositivo pelo qual o usuário está acessando o site, o layout será sempre corretamente visualizado.

Faça testes constantemente

E, claro, não pare de monitorar! Tenha profissionais capacitados para identificar erros, reportar e corrigir sempre que necessário.

Por isso, a principal dica para todos que lidam com o SEO é: mantenha-se atualizado. A inovação é essencial nessa área, seja na parte textual, visual ou nas configurações do site. 

Afinal, o seu site é a cara da sua empresa, é por ele que o seu cliente provavelmente vai conhecer as suas soluções, a sua identidade e cada um dos seus produtos.

Se quiser crescer nas pesquisas do Google, alcançando as primeiras posições, você precisa da ajuda de especialistas para otimizar o seu SEO. E nós podemos estar com você nessa missão! Clique aqui e converse com nosso time para criar uma estratégia SEO personalizada para o seu negócio.

Victor Pinheiro

Victor Pinheiro é o atual CEO da Queen, além de ser um administrador de empresas e consultor do mercado de SaaS com ampla experiência em projetos de SEO para Startups e empresas de tecnologia. Com mais de 7 anos de atuação, Victor é um especialista em SEO, Inbound Marketing e Marketing Digital. Entregando soluções estratégicas para impulsionar o crescimento dos negócios no Google. Seu conhecimento e expertise no segmento B2B são fundamentais para potencializar a visibilidade das empresas, garantindo que elas se destaquem nos motores de busca e conquistem seus mercados.

Conteúdos recentes